ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Tanto faz morar em uma casa ou apartamento, é preciso estar sempre atento à segurança. E não somente à segurança contra assaltos ou roubos, mas também à segurança de se evitar acidentes. No caso de falta de luz, o que você deve fazer? Corre atrás de uma lanterna ou uma vela? Não seria mais fácil contar com um sistema de iluminação de emergência?

O sistema de iluminação de emergência deve clarear os ambientes de passagem horizontal e vertical com iluminação suficiente para evitar acidentes e garantir a evacuação das áreas de risco, cumprindo o objetivo de proteger a vida das pessoas e facilitar a ação dos bombeiros.

 

Outra função desse sistema é permitir o controle visual das áreas abandonadas para localização e remoção de feridos; iluminar o ambiente visando a segurança patrimonial; e sinalizar inconfundivelmente as rotas de fuga utilizáveis para abandono do local. A iluminação de emergência deve ser aprovada pelo Corpo de Bombeiros, após vistoria, e estar presente em toda edificação.

A manutenção do sistema é indicada pelo fabricante, sendo que geralmente há a necessidade de realizar uma descarga total das baterias e testes regulares periodicamente. Assim verificam-se as cargas das baterias e se há fonte de luz (lâmpadas ou LEDs) queimadas. É importante observar também que caso seja observado que o tempo de funcionamento é inferior à uma hora, torna-se necessária a substituição ou reparo do equipamento.