SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO

Os Sistemas de Alarme de Incêndio são compostos de alguns elementos básicos:

  • Central de Alarme e Detecção;

  • Detectores;

  • Acionadores Manuais;

  • Sinalizadores;

  • Módulos de entrada e saída.

A central de alarme é responsável por coletar a informação de estado dos detectores e, em caso de verificar uma situação de alarme, ativar os sinalizadores.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA EM SISTEMAS DE INCÊNDIO:

Para se antecipar de algum incidente e não ter que se preocupar com o que “poderia” acontecer caso os sistemas de combate não funcionassem, trazemos a solução que muitas empresas e condomínios precisam: Manutenção Preventiva em Sistemas de Combate a Incêndio.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA É UM MEIO DE PROTEÇÃO E INVESTIMENTO!

OBJETIVO:

– Aplicar a Manutenção Preventiva em todos os setores e, em particular, aquela dedicada aos sistemas de segurança contra incêndio;
– Uma estratégia de manutenção preventiva é fundamental para a garantia de funcionamento dos diversos equipamentos de uma edificação, seja comercial, industrial ou residencial  além de manter os sistemas operantes. O objetivo mais evidente da manutenção voltada à prevenção reside na redução dos custos devidos por manutenções corretivas e paradas desnecessárias do sistema contra incêndio.

- Além do alarme, também verifica-se falhas na instalação, como curto-circuito, cabeamento rompido, entre outras.

A norma ABNT NBR 17240:2010 sugere um roteiro de manutenção preventiva que abrange procedimentos mensais, trimestrais e anuais. Tais procedimentos, se executados sistematicamente, avaliarão desde se a bateria do no-break suportará a carga necessária durante uma situação de emergência na qual, por exemplo, falta a fonte primária de energia e seja necessária a evacuação das pessoas iniciada através dos sinalizadores da edificação (sirenes, flash, voz etc.)

SERVIÇOS DE GERENCIAMENTO E MANUTENÇÃO PREVENTIVA

O Sistema de Detecção, que além de um subsistema eletrônico na edificação, possui norma e deve atender a regras específicas, tal como o Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI), o qual possui recomendações de procedimentos de manutenção preventiva registradas na norma ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas): NBR 17240:2010 e IT (Instrução Técnica) nº 012/DAT/CBMSC– Sistemas de detecção e alarme de incêndio do Corpo de Bombeiros do Estado de Santa Catarina, na maioria dos casos, no próprio Corpo de Bombeiros da região que fiscaliza todo o sistema e recomenda um procedimento de manutenção preventiva, cuja garantia de funcionamento é fundamental para a PROTEÇÃO DA VIDA HUMANA.

A TRAFOSERVICE possui uma política de boas práticas que são a base da nossa empresa, bem como a prestação de serviços com qualidade, sofisticação de equipamentos e profissionais gabaritados, o que simplificadamente chamamos de solução.