Para raio Florianópolis

spda - para raios

O SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Elétricas), popularmente chamado de para-raios, tem como objetivo a proteção da estrutura construída, contra possíveis danos causados por descargas elétricas atmosféricas.

A instalação do SPDA (para-raios) é uma exigência conforme normativa NBR 5419/2015, esta norma específica os parâmetros de construção do para-raios, desde a confecção do projeto SPDA, bem como a construção de todo o sistema de proteção de para-raios e os requisitos mínimos dos materiais utilizados.

Ao corpo de bombeiros cabe a emissão do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), após uma vistoria nos sistemas de segurança do estabelecimento, neste caso o para-raios, checando se a montagem de todo o sistema está de acordo com a norma regulamentadora, bem como a análise do laudo e ART do SPDA, e caso não haja divergência, a emissão do AVCB é realizada.

O laudo de para-raios deve ser realizado antes da solicitação do AVCB, e tem como objetivo a inspeção das condições atuais de todo o sistema de para-raios, atestando a sua boa eficiência, e caso haja itens em desacordo com a norma, estes devem ser corrigidos, afim de obter-se o mínimo de proteção a estrutura a ser protegida.

A inspeção e a emissão de laudo do SPDA, deve ser realizada regularmente conforme a norma técnica "NBR 5419/2015 - 7.3", como por exemplo, para a região litorânea, onde cita que deve ser anualmente "NBR 5419/2015 - 7.3.1.E um ano, para estruturas contendo munição ou explosivos, ou em locais expostos à corrosão atmosférica severa (regiões litorâneas, ambientes industriais com atmosfera agressiva etc.), ou ainda estruturas pertencentes a fornecedores de serviços considerados essenciais (energia, água, sinais etc.);".